Cajon Rio Branco, Acre

Cajon em Rio Branco. Encontre telefones, endereços e informações sobre Cajon em Rio Branco e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Cajon para obter dicas e informações sobre o assunto.

Jb Som
(68) 3224-2114
Tv Capitão Ciríaco 93
Rio Branco, Acre
 
Cd Play
(68) 3244-1320
Rua Epaminondas Jácome 2792 lj 137
Rio Branco, Acre
 
Eletrônica Halley
(68) 3223-5996
Avenida Nações Unidas, 880
Rio Branco, Acre
 
Ocidental Center
(68) 3224-0346
Avenida Getúlio Vargas 1522
Rio Branco, Acre
 
Guaiapo Eletrodomésticos
(65) 3257-1046
Avenida 7 de Setembro 38 qd 14/2A
Rio Branco, Mato Grosso
 
Discardoso
(68) 3224-3740
Rua Epaminondas Jácome 2792 lj 101
Rio Branco, Acre
 
Queiroz Musical
(68) 3223-7899
Rua Barão do Rio Branco 51
Rio Branco, Acre
 
Super Som
(68) 3224-7407
Avenida Getúlio Vargas 1178 A
Rio Branco, Acre
 
Novalar
(68) 3028-3532
Avenida Nações Unidas 2919 lj A
Rio Branco, Acre
 
Utilar
(68) 3224-4040
Avenida Getúlio Vargas 1248
Rio Branco, Acre
 

Como tocar cajon

O cajon é um instrumento de percussão que deixa a música muito mais animada. Tanto numa banda profissional como numa roda de cantoria com os amigos, o instrumento é bem vindo. Tendo surgido em meio aos escravos na época do Peru colonial, o cajon é um dos instrumentos de percussão mais utilizados.Seu surgimento se dá quando os escravos de origem africanas batucavam caixas de madeira vazia e de lá se ouvia um som excelente. Com o passar dos anos foi se modernizando e hoje já conta com um sistema elétrico e de afinação. Apesar de parecer fácil tocar, é preciso alguma coordenação e muito senso de ritmo. Com um pouco de estudo e dedicação é possível tocar o instrumento com certa facilidade. via flickrOs três elementos principais do cajon são a caixa, bumbo e a borda, onde a caixa serve para dar o som mais elementar para a música. Para ter o melhor resultado possível, o músico deve conhecer bem o instrumento para conseguir improvisações necessárias. Apenas tocar a música da forma comum, fará com que o cajon pareça um instrumento de percussão comum.Sons no cajon:A caixa. Para ter o som mais próximo para essa batida, o músico deve bater entre o início da caixa e o meio dela. Nem para um lado, nem para o outro, pois já modifica o tipo do som. A borda. O som da borda é emitido na emenda entre um lado e outro do instrumento, independente de qual. O som na borda do cajon passa uma impressão de abafamento, imitando a técnica de abafar as cordas na guitarra.O bumbo. Funciona como o bumbo da bateria. Ao tocar esse espaço do cajon, que fica bem no centro do instrumento, o músico terá um resultado com o grave bastante acentuado. A borda lateral. Sempre é importante variar as batidas entre uma borda e outra, pois essa variação de som, deixará a música com melhor percussão. Não mudará muito o som, pois tem o mesmo formato. Mas a borda lateral é mais extensa, assim poderá obter um som mais grave e a mesmo tempo com um grau de abafamento menor do que a borda frontal. via flickrEsses são os principais timbres que o cajon oferece, porém, um músico experiente pode ir muto além e encontrar mais sons de acordo com a forma e a localização das batidas.Como tocar:Para tocar cajon, o músico deve sentar na parte de cima do instrumento, estender o corpo levemente para frente e para baixo e executar as batidas.As batidas devem ser de acordo com a música tocada e nos seus ritmos.As melhores canções a serem executadas com cajon são músicas que demonstrem bastante o valor da percussão, como samba e música que tenham origem afro.Sempre toque com as duas mãos. A mão principal que pode ser a direita ou a esquerda de acordo com cada um, serve para as batidas sequenciais. A outra deve fazer o contraponto e a marcação do tempo. via flickrOs instrumentos mais modernos já possibilitam individualizar a afinação dos cajons. Na parte interna do instrumento vai uma espécie de catraca, a qual aproxima ou distancia as paredes laterais do instrumento. Com isso, o som do cajon pode ficar mais grave ou mais agudo. Se a catraca estiver totalmente solta, o som fica com o grave natural do instrumento sem a utilização de afinação.Os melhores percussionistas do mundo também fabricam o próprio instrumento, pois isso dará maior fidelidade na hora de tocar as músicas.