Canário Belga Dourados, Mato Grosso do Sul

Canário Belga em Dourados. Encontre telefones, endereços e informações sobre Canário Belga em Dourados e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Canário Belga para obter dicas e informações sobre o assunto.

Pet Shop São Francisco
(67) 3421-0994
Rua João Cândido da Câmara 1170
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Casa Colibri
(67) 3423-0099
Avenida Weimar Gonçalves Torres 2548
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Raça Veterinária
(67) 3421-0624
Rua Hilda Bergo Duarte 695
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Clínica Veterinária Amigo Bicho
(67) 3427-1888
Rua Major Capilé 2411
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Clínica Veterinária Center Dog
(67) 3421-3633
Rua Hilda Bergo Duarte 909
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Pet Zoo
(67) 3423-5019
Rua Hayel Bon Faker 3158
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Pet Shop Cão & Cia
(67) 3425-0183
Rua Mozart Calheiros 2245 A
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Hospital Veterinário Center Dog
(67) 3422-3633
Rua Hilda Bergo Duarte 909
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Clínica Veterinária Buriti
(67) 3422-6018
Rua Oliveira Marques 2734
Dourados, Mato Grosso do Sul
 
Clínica Veterinária Safari
(67) 3422-1690
Avenida Weimar Gonçalves Torres 2176
Dourados, Mato Grosso do Sul
 

Como criar Canário Belga

Uma ave fascinante, com um lindo canto e com cores variadas – embora a cor mais conhecida no Brasil seja a amarela. O Canário Belga é um dos pássaros mais populares entre os criadores no mundo inteiro, que se interessam pelo seu canto, pela busca de novas cores e tonalidades, pela definição de seu porte através do aprimoramento genético, e, consequentemente pela participação em exposições.O canário quase não dá trabalho e não necessita de muito espaço, no entanto é frágil e vulnerável a doenças respiratórias, por isso exige certo cuidado no manejo. Como não é uma espécie nativa, não é necessária autorização do IBAMA para criá-lo.Se você pretende iniciar a criação de Canário Belga em sua casa preste atenção em alguns requisitos necessários para ter sucesso e obter aves saudáveis e bonitas:Estabeleça o objetivo de sua criação. Alguns criam canários para participar de exposições. Outros para reproduzir e comercializar os filhotes, e outros ainda, apenas pelo prazer de ouvir seu canto. Se pretende comercializar, saiba que é necessário ter um espaço considerável, já que cada casal irá gerar filhotes que futuramente gerarão outros filhotes também.Faça uma pesquisa no mercado caso queira comercializar. É importante saber se terá compradores, pois de nada adiantará conseguir exemplares maravilhosos se ficarem encalhados.Comece com poucos casais, principalmente se não tiver prática. O ideal são 2 casais, no máximo 3.Escolha o ambiente onde ficarão seus canários. O local deve ser iluminado, mas protegido do sol direto e de correntes de ar, que podem causar problemas respiratórios. Evite locais úmidos e tente manter a temperatura em torno dos 25°.Providencie as gaiolas ou viveiros: um casal por gaiola é o ideal, mas é conveniente que elas tenham uma grade vertical removível que permita separá-los quando não for época de cruzamento. As gaiolas devem possuir suportes para encaixar comedouros e bebedouros, e o piso removível para facilitar a limpeza. Gaiolas retangulares são as melhores e com medidas de no mínimo 80x50x60 cm.Coloque 3 comedouros com alimentos diferentes, pois os canários gostam de variar as refeições. Limpe diariamente, trocando todo alimento e lave também os bebedouros, trocando a água todos os dias.Limpe o piso da gaiola todos os dias para a retirada das fezes que, acumuladas provocam doenças graves. Para facilitar a limpeza é recomendado forrá-lo com jornal ou papel absorvente.Alimente-os com alpiste, ovo cozido, couve e almeirão. Rações balanceadas para a primeira fase da vida e ração especial para filhotes são recomendadas. No período mais frio aumente a quantidade de grãos oleaginosos (escuros).Reprodução:Entre agosto e dezembro.Coloque fios de estopa ao alcance das fêmeas, pois elas gostam de fazer seus ninhos.O ciclo dura 1 mês.Quando a canária começar montar o ninho, retire a grade divisória da gaiola.Quando os filhotes nascerem troque o ninho para evitar fungos e piolhos no local.Não deixe a fêmea criar mais que 2 vezes, pois ela poderá ficar desnutrida e sem forças para expelir os ovos, chegando a morrer.Como você pode notar, não há grandes segredos para criar canários belgas, mas é necessário ter tempo e disponibilidade para se dedicar à sua criação.Também pesquise muito e converse bastante com criadores que tenham mais experiência, pois sempre terão dicas preciosas para passar. É importante nunca se acomodar e estar disposto a aprender sempre.Boa sorte!