Cavalos Teresina, Piauí

Cavalos em Teresina. Encontre telefones, endereços e informações sobre Cavalos em Teresina e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Cavalos para obter dicas e informações sobre o assunto.

Prontovet
(86) 3223-7145
Rua Rui Barbosa 601
Teresina, Piauí
 
Pet House
(86) 3232-9248
Dom Severino, 4022 - Fátima
Teresina, Piauí
 
Poli Clínica Veterinária
(86) 3232-5309
Avenida João XXIII 220 s G
Teresina, Piauí
 
Animal's
(86) 3232-7343
Avenida Nossa Senhora de Fátima, 1525
Teresina, Piauí
 
Clin Dog
(86) 3220-8972
Avenida Marechal Juarez Távora 8 qd 57 c B
Teresina, Piauí
 
Clin Pet
(86) 3232-7907
Rua Visconde de Parnaíba 1631
Teresina, Piauí
 
Ed Shop
(86) 3232-4270
Rua Modestino Soares, 1160
Teresina, Piauí
 
Clínica do Campo
(86) 3233-3742
Avenida João XXIII 2630
Teresina, Piauí
 
Bichos e Mimos
(86) 3237-1393
Rua João Cabral, 2504
Teresina, Piauí
 
Procampo
(86) 3233-4397
Avenida Homero Castelo Branco, 2300
Teresina, Piauí
 

Como comprar cavalos

Na história do homem, alguns animais sempre estiveram presentes. Mas nenhum deles foi tão útil como o cavalo. Desde que o homem o domesticou, o cavalo foi um companheiro constante , e é difícil imaginar o passado sem essa bela criatura. Alguns povos praticamente nasciam \’montados\’ em cavalos, como os hunos, guerreiros ágeis que eram temidos até por Roma. E como os Estados Unidos teriam feito a conquista do oeste sem o cavalo?O cavalo está tão enraizado na cultura humana que, mesmo quando deixou de ser utilizado como transporte, sua referência permaneceu. Não por acaso, quando os primeiros trens cruzaram os vastos territórios americanos, eram chamados “cavalos de ferro”. Os motores, até hoje, tem sua potência medida em “cavalos”. Mas além disso, o cavalo tem uma presença, uma magia que enfeitiça, que desperta nos humanos a sensação de poder, de grandeza, de supremacia. Via Flickr Não por acaso, Napoleão – um homem de baixa estatura – sempre era visto montado em um cavalo. E também não é à toa que marcas poderosas recorreram à magia da presença de um cavalo para veicular sua onipresença: a Ferrari, que adotou um cavalo dançante (tirado de um logo usado em um avião na guerra) e o Mustang, cujo nome diz tudo.Mas e quanto a ter um cavalo? Você quer ser o feliz proprietário de um animal desses? O que deve ser feito? Vamos enumerar as considerações:1. Escolha um local: Se você quer comprar um cavalo, a primeira providência é ter um lugar para abrigá-lo. Há três formas de se criar um cavalo:a) Completamente livre - os animais criados assim, raramente são levados ao estábulo. Pastam a maior parte do tempo, o que é excelente, pois cavalos adoram ficar horas ao ar livre comendo e andando. Na verdade, esse é o comportamento natural dele. E se houver um grupo, melhor ainda – tendo em vista que o cavalo é um animal sociável e não gosta de ficar sozinho. Interagindo em um grupo, um cavalo costuma acariciar o outro, auxiliar no combate aos insetos e mesmo aproveitar a companhia um do outro. Cavalos soltos não demandam de muitos cuidados com o casco, pois o desgaste é natural, compensando o crescimento. A alimentação também será diferente, já que a maior parte dos nutrientes virá do pasto. Via Flickr b) Livre / Estábulo - alguns cavalos de fazenda são criados dessa forma. Passam parte do dia na cocheira e parte soltos. Também é uma boa forma, minimizando o tempo do animal estabulado. Nesses casos, o cavalo terá um outro tipo de alimentação, já não terá o pasto sempre disposição.c) Estábulo – uma criação bastante comum, é o cavalo confinado na cocheira. Nesse caso, o dono tem que observar vários fatores, já que o animal estará privado de caminhar livremente: a forragem do estábulo terá que ser trocada com frequência, pois fezes e urina em contato com o casco, não é saudável; o próprio casco tem que ter supervisão de um tratador, diante do pouco uso e do crescimento daquele; a alimentação nesses casos, também será específica: ração com doses de suplemento. Em geral, são cavalos caros, de provas e de alta linhagem que são criados assim. Noutros, cavalos pertencentes a centros hípicos ou que ocupam uma cocheira alugada.Seja qual for o seu caso, você tem que pensar onde o animal irá ficar e supervisionar o seu tratamento.2. Qual espécie de cavalo: Você já sabe qual cavalo irá adquirir? Um cavalo de sela, de salto, de caminhada? Ou um cavalo para enduro? Ou para trotar? Ou um pônei para crianças?Cada raça tem sua especialidade e temperamento.Também a idade e o sexo do animal influenciam. As éguas, em geral, costumam ser mais dóceis que garanhões. No entanto, um macho castrado pode ser um excelente companheiro. Tudo irá depender da finalidade pretendida do comprador.Há raças resistentes para esportes como enduro, para provas de rodeio e para longas caminhadas. Cavalos práticos, como Crioulo, bastante resistente às variações térmicas, fogoso nas provas de rodeio, mas de temperamento arisco. Essa raça é muito utilizada Brasil, Argentina, Chile e Uruguai, em provas e nas fazendas. Há cavalos voltados para o adestramento, como Andaluz , Lipizzaner, Hanoveriano ou Holstein.3.A procedência do animal: Escolhido a finalidade do cavalo, e tendo o local adequado, é importante você conhecer detalhes do vendedor.Cavalos bons podem ser adquiridos em centros hípicos, ranchos ou em centros de criação. Seja qual for, atente-se com a aparência do animal. Se optar por um cavalo por volta de seus 6 ou 7 anos, tente descobrir a ficha médica dele. A idade do cavalo é calculada com base em sua arcada dentária, mas é recomendado que um especialista faça isso. Para o leigo, às vezes é difícil perceber as mudanças típicas da arcada dentária, conforme a idade. Via Flickr No entanto, não há problemas em comprar um cavalo com 10 ou 12 anos, se bem tratado. Cavalos costumam viver até os 30 anos, mas normalmente trabalham até os 27 anos. Vai depender do tratamento que ele recebe, e do tipo de trabalho, pois cavalos de corrida, devido ao desgaste, não costumam viver muito.4. Analise questões de transporte do animal: Se você for comprar um cavalo longe do lugar em que ele for ficar, pense que terá de transportá-lo e necessitará de um veículo especial. Procure averiguar isso com antecedência.5. Busque adaptar o cavalo ao novo ambiente: Quando o animal chegar ao seu destino, ele demorará alguns dias para se adaptar. Cavalos gostam de rotina, e uma vez retirado do ambiente ao qual estava acostumado, levará alguns dias para que, no novo ambiente, ele se habitue.6. Faça companhia com o cavalo: Lembre-se de que cavalos não gostam de ficar sozinhos. Por ser um animal extremamente sociável, cavalos tendem a ficar aborrecidos e deprimidos se forem esquecidos só em uma cocheira. Se o animal for passar longos períodos sozinho, mesmo solto no cercado, é melhor lhe arrumar uma companhia. E lembre-se de que um cavalo preso, prescinde de muito mais cuidado.Um cavalo poder ser um amigo de anos. Se você tiver a oportunidade de ter um, é um felizardo. Mas não esqueça de que, como um ser vivo, merece tratamento digno e respeito, em todas as fases de sua vida!