Clareamento De Axila Escura Brasília, DF

Clareamento De Axila Escura em Brasília. Encontre telefones, endereços e informações sobre Clareamento De Axila Escura em Brasília e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Clareamento De Axila Escura para obter dicas e informações sobre o assunto.

Clínica de Estética Joana
(61) 3445-2086
CLS 115 BL A lj 34
Brasília, DF
 
Estética e Cia
(61) 3326-6128
CLN 303 BL C s 25
Brasília, DF
 
Clínica Bem Estar
(61) 3039-9091
SHS Q 6 BL C s 903
Brasília, DF
 
Anna Pegova
(61) 3443-1182
CLS 307 BL C lj 15
Brasília, DF
 
Carlos Duke Gonzalez
(61) 3326-2386
SCN Q 2 BL D s 727 tor A
Brasília, DF
 
Centro Bienestar
(61) 3244-7629
CLS 405 BL B lj 22
Brasília, DF
 
Márcia Mayumi M. Suzuki
(61) 3346-1590
SHLS 716 s W407 Centro Clínico Sul-Torre II
Brasília, DF
 
Nagel Anatomia dos Pes
(61) 3244-7663
CLS 414 BL B lj 3
Brasília, DF
 
Ela Clínica de Estética
(61) 3245-2197
CLS 313 BL D sl 35
Brasília, DF
 
Clínica Naturale
(61) 3242-8421
SHIGS 705 BL A s 317
Brasília, DF
 

Como clarear axila escura

A axila escura é causada por uma reação natural da pele ao grande atrito sofrido nessa região do corpo. Após sucessivas irritações, a pele vai ficando mais espessa na região e adquire a tonalidade mais escura que o restante. O problema ainda é agravado por outros fatores dos quais trataremos no texto. E pelo mesmo motivo principal, o problema é comum em outros locais, como entre as coxas. Via creativecommonsDesodorantes e cremes: Alguns tipos de desodorantes e cremes podem agravar o problema. Sempre que você passa algum desses produtos embaixo do braço, para evitar o odor forte da região, criará um acúmulo do produto e conseguirá atingir o resultado. O problema é que é necessário depois, fazer uma boa higienização do local, para conseguir retirar o excesso e a camada desses cremes, para evitar que o acúmulo, ou restos deles, não crie algum tipo de sujeira no local. Os desodorantes líquidos não resolvem o problema, uma vez que a maioria tem álcool e esse componente costuma irritar a pele, contribuindo também para o problema.Higiene e mais higienização: Como exploramos no primeiro ponto, a higienização é essencial para evitar que sujeira se acumule na região. O problema é que justamente a boa higienização da axila é difícil, pois o local é de acesso um pouco complicado. Além disso, com o tempo, a poeira do ambiente pode se acumular no local e até se misturar ao suor e aos cremes, como já citado no ponto um. Para fazer uma higienização adequada você deve depilar as axilas, preferencialmente, e utilizar alguma bucha vegetal, ou esponja artificial, com sabão hidrante preferencialmente, para esfregar bastante a região. Mas tome cuidado para não exagerar e piorar a irritação da pele. É importante repetir o procedimento diariamente. Use um espelho grande no banheiro para verificar como está a higienização do local.Obesidade e vestimentas: A obesidade pode contribuir para agravar o problema, pois a pessoa obesa poderá ter mais atrito na pele nessas regiões ao se movimentar, o que gerará o processo de irritação e escurecimento. Portanto, um dos fatores preventivos mais importantes é evitar a obesidade. Além disso, o obeso tende a sofrer mais de assaduras e outros tipos de irritação na pele. Pelo mesmo princípio, existem vestes que facilitam esse atrito. Procure tecidos leves, que permitam a transpiração, e que preferencialmente não estejam colados ao corpo. É importante ter liberdade e leveza para se fazer os movimentos.Evite métodos mirabolantes de clareamento: Existem muitas fórmulas caseiras que são usadas para realizar o clareamento da pele, mas é bom evitá-las. Muitas delas, além de não ter eficiência comprovada, podem até mesmo agravar o problema. Suco de limão, por exemplo, que muitas vezes é utilizado, é extremamente perigoso, pois no contato com o sol, poderá gerar graves queimaduras na pele. Além do mais, quanto maior a quantidade de produtos aplicados na axila, mais cuidado você terá que ter com a higienização depois.Procure ajuda profissional:Existem métodos de clareamento que funcionam, mas ele devem ser especificamente direcionados para cada tipo de pele. O ideal é procurar um dermatologista, e uma clínica especializada, para fazer uma avaliação e analisar quais as melhores abordagens no seu caso. Via creativecommonsEsperamos que você tenha sucesso ao lidar com esse irritante problema!