Coelhos Macapá, Amapá

Coelhos em Macapá. Encontre telefones, endereços e informações sobre Coelhos em Macapá e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Coelhos para obter dicas e informações sobre o assunto.

Cliveap - Clínica Veterinária do Amapá
(96) 3225-1749
Rua Eliézer Levy 1997
Macapá, Amapá
 
Policlínica Veterinária Mundo Animal
(96) 3223-4307
Rua Leopoldo Machado 2435 B
Macapá, Amapá
 
Raimundo Magalhães dos Santos
(96) 3222-2247
Avenida 1º de Maio 607
Macapá, Amapá
 
Policlínica Veterinária Mundo Animal
(96) 3223-4307
Rua Leopoldo Machado 2435 B
Macapá, Amapá
 
Raimundo Magalhães dos Santos
(96) 3222-2247
Avenida 1º de Maio 607
Macapá, Amapá
 
Clínica Veterinária 4 Patas
(96) 3223-3097
Avenida Procópio Rola 655
Macapá, Amapá
 
Sibele Rubia Rodrigues de Almeida
(96) 3241-4500
Avenida dos Tambés 142
Macapá, Amapá
 
Cliveap - Clínica Veterinária do Amapá
(96) 3225-1749
Rua Eliézer Levy 1997
Macapá, Amapá
 
Clínica Veterinária 4 Patas
(96) 3223-3097
Avenida Procópio Rola 655
Macapá, Amapá
 
Sibele Rubia Rodrigues de Almeida
(96) 3241-4500
Avenida dos Tambés 142
Macapá, Amapá
 

Como criar coelhos

O coelho talvez seja um dos animaizinhos mais amados, e não há quem não se encante com ele: olhos atentos, orelhas enormes, rabo de pompom, e um pêlo muito macio e fofo! Além das características físicas, este animalzinho é também muito calmo, limpinho, não exala cheiro, não faz nenhum barulho, são brincalhões e sociáveis, e o custo para criá-lo é baixíssimo.Apesar de toda esta fofura e de se encaixar perfeitamente como um bom animal de estimação, o coelho também é explorado comercialmente, pois é muito fácil de se reproduzir. Da cinucultura (criação comercial de coelhos), pode-se extrair a carne, pele, e filhotes para venda em petshops.Se você pensa em criar coelhos em sua casa, saiba quais são os procedimentos básicos que você deve tomar, tanto para criá-los comercialmente ou como animaizinhos de estimação.Para criar comercialmente:Procure deixá-los em gaiolas com dimensões de 80 cm de comprimento x 60 cm de largura e 45 cm de altura.As gaiolas devem ficar em lugares tranqüilos, sem barulhos, com temperatura em torno de 20°.Devem ter uma bandeja para que os coelhos não pisem em seus dejetos.Coloque no máximo 2 coelhos pequenos por gaiola.Alimente-os com ração apropriada e algumas gramíneas como soja e alfafa.Separe as fêmeas dos machos.Coloque-os para acasalar após os 6 meses. A fêmea vai para gaiola do macho e deve permanecer lá por 2 dias. Depois do parto a fêmea entra imediatamente no cio e está pronta para o acasalamento novamente, por isso, cuidado com machos por perto para que ela não se esgote numa nova gestação, pois estará amamentando e cuidando dos filhotes.Os láparos nascem de 27 a 32 dias após o acasalamento e se desenvolvem de forma rápida. Aos 45 dias podem ser desmamados.Mantenha o local limpo, as gaiolas higienizadas e separe os animais de acordo com a idade.Para criar coelhos como animais de estimação:Providencie para ele um local seco, arejado, com muita luz, mas que não bata sol diretamente.Se você pretende providenciar uma gaiola, escolha uma que tenha fundo removível e que ele não fique em contato com seus dejetos. O ideal é que a gaiola fique aberta e ele possa entrar e sair quando quiser. O coelho, por ser um animal silvestre é bastante ativo e sofre demais se ficar preso o tempo todo.Coelho não toma banho! Seus pelos molhados podem desenvolver fungos. Se ele se sujar use um pano macio com vinagre branco e água morna para limpá-lo.Forneça água em abundância.Dê a ele brinquedos para que possa brincar e roer e, desta forma, gastar os dentes e ficar longe de seus móveis.Alimente-o com ração apropriada, frutas e legumes. Coelhos gostam muito de folhas de couve, almeirão, capim verde, ramas de cenoura, beterraba e folhas de couve-flor. Também gostam muito de cenoura. Não exagere na quantidade de folhas para que não fique com diarréia.Forneça uns 2 pedaços pequenos de frutas por dia – não dê frutas ácidas nem que soltem o intestino. Lave bem e tire os caroços.Limite a quantidade de ração para que ele não fique obeso. Divida 100g em duas porções, pela manhã e à noite.Afaste fios elétricos e objetos perigosos quando ele estiver por perto. Também fique de olho em tapetes e móveis.Corte suas unhas a cada 6 semanas. Se não souber como fazer, leve-o a um veterinário.Segure-o no colo como segura um cachorrinho. Jamais o levante pelas orelhas, pois além de machucar corre o risco de acontecer uma fratura.Tenha cuidado com lugares altos, pois eles sobem em toda parte e podem sofrer uma queda.Converse muito com ele para que se acostume com o som de sua voz e atenda quando for chamado.Brinque bastante com ele, pois dessa forma ficará cada vez mais sociável.Tenha consciência de que toda criação exige cuidado, dedicação, responsabilidade e amor. Os animais não devem jamais ser maltratados e devem ser supridos em todas suas necessidades físicas e psicológicas.Boa sorte!