Curso De Hungaro Benjamin Constant AM

Curso De Hungaro em Benjamin Constant. Encontre telefones, endereços e informações sobre Curso De Hungaro em Benjamin Constant e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Curso De Hungaro para obter dicas e informações sobre o assunto.

Uea
(97) 3415-5191
Rua 1º de Maio
Benjamin Constant, Amazonas
 
Uea
(97) 3415-5559
Rua Monsenhor Thomas 60
Benjamin Constant, Amazonas
 
Cursos Almighty
(92) 3234-4787
Avenida Epaminondas 555 A
Manaus, Amazonas
 
Atlanta Idiomas
(92) 3635-9434
Rua Rosa Cruz, 222
Manaus, Amazonas
 
Yázigi Internexus
(92) 3656-7544
Avenida Pedro Teixeira 19 qd 3
Manaus, Amazonas
 
Fundação Universidade Federal do Amazonas Ufam
(97) 3415-5677
Rua 1º de Maio
Benjamin Constant, Amazonas
 
Uea
(97) 3412-4192
Avenida Amizade 74
Tabatinga, Amazonas
 
Alps Idiomas
(92) 3642-0092
Avenida Perimetral III 968
Manaus, Amazonas
 
Wizard
(92) 3635-1828
Avenida Leonardo Malcher 1400
Manaus, Amazonas
 
Yázigi Internexus
(92) 3636-8902
Avenida Noel Nutels 5945
Manaus, Amazonas
 

Como aprender hungaro sozinho

Aprender uma nova língua é sempre um jornada longa que demanda muita dedicação e horas de estudo e contato com o idioma. Dependendo do grau de interesse, disponibilidade de tempo, persistência e semelhança da língua desejada com a sua língua natal, o processo de aprendizagem e aquisição de seu vocabulário pode variar de acordo com o seu tempo.Idiomas como o espanhol possui muitas semelhanças com o português, por isso o seu aprendizado pode ser mais rápido. Já idiomas como o sueco, russo ou húngaro possuem poucas coisas em comum com a nossa língua materna, por isso necessitam de mais atenção e dedicação para o seu aprendizado. Saiba valiosas dicas para aprender húngaro sozinho. Via FlickrDicasCom o auxílio da internet, o aprendizado de qualquer língua fica instantaneamente mais fácil. A internet conta com diversos fóruns (ótima ferramenta para quem já possui um certo nível de húngaro e quer ler nativos escrevendo, além de pode conversar sobre diversos temas e tirar dúvidas que não são possíveis de aprender sozinho), vídeos com nativos falando, práticas vídeo aulas, textos, áudios, músicas, além de sites que disponibilizam gratuitamente lições nas mais diversas línguas. Um site muito famoso para o aprendizado do húngaro é o Livemocha;Esses tipos de site são ótimos para a iniciação no húngaro, mas você pode fazer de forma totalmente autônoma aprendendo, primeiramente, palavras simples e introdutórias para qualquer tipo de conversa. “Szia” significa “Oi”, “Hogy vagy?” significa “Como vai?”, “Beszélsz angolul?” significa “Você sabe falar inglês?”;Uma boa forma de aprender palavras, expressões e frases básicas é através da simples tradução. Memorizando os dialetos mais simples do húngaro você já conseguirá fazer conversas simples, entender e ser entendido;Um grande problema encontrado ao estudar sozinho é a defasagem encontrada na fala. Já que o ato de estudar sozinho acaba, automaticamente, dando prioridade para a escrita e leitura, muitas vezes os estudantes auto didatas acabam encontrando dificuldade na hora de falar e pronunciar palavras corretamente;Para amenizar esse problema, é de extrema importância o contato constante com vídeos e áudios em húngaro. Para isso, você pode pesquisar as músicas mais famosas do momento, adquiri-las e escutá-las acompanhando a letras, prestando atenção na pronúncia e significado de cada palavra;Faça o mesmo com filmes e vídeos, para adquirir uma maior familiaridade com o idioma, seus sons, entonação e a forma de falar cada palavra;Faça exercícios em casa de ouvir áudios em húngaro e, ao final de cada frase, pausar e repetir o que o locutor falou. Tente repetir da forma mais parecida que conseguir. Repita quantas vezes for necessário;Aproveite redes sociais de ensino de idiomas como o Livemocha e grave áudios no idioma húngaro. Muitas vezes nativos poderão escutar a sua pronúncia e dar dicas para melhorá-la. Via FlickrAprender uma nova língua como o húngaro é algo que exige tempo, paciência e dedicação. Não desista e você perceberá que progressos sempre são feitos, algumas vezes imperceptíveis. Quando menos esperar, você já poderá saber se comunicar de forma básica ou intermediária com nativos da língua, sendo entendido e entendendo o que falam. Daí para a fluência tudo ficará mais fácil. Boa sorte!