Equipamento Para Flyfishing Brasília, DF

Equipamento Para Flyfishing em Brasília. Encontre telefones, endereços e informações sobre Equipamento Para Flyfishing em Brasília e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Equipamento Para Flyfishing para obter dicas e informações sobre o assunto.

Grandes Torcidas
(61) 3242-1265
CLS 308 BL A lj 22/26
Brasília, DF
 
Centauro
(61) 2101-8410
SCS Q 7 BL A lj P201
Brasília, DF
 
Free Corner
(61) 3242-0110
CLS 308 BL A lj 2
Brasília, DF
 
Centauro
(61) 3327-4852
SCN Q 5 BL A - 1 lj 58S
Brasília, DF
 
Be Hard Esportes Radicais Equipamentos Esportivos e Cursos
(61) 3274-7117
CLN 109 BL A lt 74
Brasília, DF
 
By Tennis
(61) 3325-3117
SCS Q 7 BL A lj 245
Brasília, DF
 
Companhia do Futebol
(61) 3443-1998
CLS 108 BL B lj 13
Brasília, DF
 
Sport House
(61) 3224-5538
SCS Q 8 BL B60 lj 5/9
Brasília, DF
 
Peninha Artigos Esportivos
(61) 3347-6490
SCLRN 716 BL D lj 33
Brasília, DF
 
Mg Materiais Esportivos
(61) 3273-0330
SEPN 506 BL D lj 9
Brasília, DF
 

Como comprar equipamento para flyfishing

Flayfishing, ou “pesca com mosca” como é conhecido em nosso país, é uma técnica de pesca com isca artificial que se assemelha a uma mosca, imitando assim a comida do peixe, e tem como base uma vara de pesca grande para dar ao pescador a capacidade de lançamentos longos.Como temos no Brasil uma vasta gama de condições ambientais e de relevo, é realmente difícil recomendar equipamentos eficazes e versáteis que atendam a todas as regiões do nosso imenso país. Isso porque devem ser levadas em conta as diferentes necessidades de cada pescador na arte do Flayfishing. Na verdade, existem aqueles que gostam da técnica clássica e aqueles que preferem um método mais moderno. Vamos aqui destacar as principais características de cada equipamento para ajudar na escolha do melhor para cada pescador. Via FlickrAs VarasBem diferente das varas originais de bambu, os materiais preferidos para a construção das varas atualmente é o carbono e seus derivados. Em comparação ao bambu e à fibra de vidro utilizada no passado, proporcionam técnica e dinâmica de indiscutível superioridade, leveza e velocidade.Como resultado dessas importantes prerrogativas, varas de carbono têm uma “carga de inércia” muito limitada, o que permite a aplicação de um lançamento moderno baseado nas suas características básicas de alta velocidade de execução. O comprimento, assim como o peso, deve ser escolhido de acordo com os locais que são habituais para praticar o esporte.Mas, para os amantes de experiência “mosca seca”, que são iscas mais leves que flutuam na superfície, há a necessidade de ferramentas mais suaves, como varas de espessura 7’6 e 8’6, projetadas para codificar oscilando entre o número 4 e 6. Na vara de 7’6, você encontrará um maior uso em rios mais estreitos e rasos. A 8’6” é mais indicada para rios mais amplos e profundos, mas livres de obstruções. Ao adquirir uma boa familiaridade de lançamento, de fato, o cano de 8 ‘irá revelar-se mais versátil, permitindo seu uso em quase todas as situações encontradas. Via FlickrO molineteObjeto de intermináveis debates em técnicas de pesca, o molinete é talvez o instrumento mais importante. É preciso algumas características muito simples, como não ter dificuldade para recolher o peixe, uma operação que é realizada simplesmente com a mão esquerda; nem dificultar no processo de lançamento, que deve fluir sem enroscar ou travar a linha.O molinete deve ter resistência, leveza e um grau de acabamento meticuloso, facilitando assim seu manuseio. Outro detalhe importante é o peso, principalmente para quem está iniciando. Os mais leves são melhor opção. É importante ainda, antes de comprar o molinete, examinar cuidadosamente para que este não apresente arestas, rebarbas ou tolerâncias de metal, ou ainda se são muito altas nas extremidades das várias partes que o compõem. Via FlickrA LinhaO último mas não menos importante item é a linha, onde o acabamento é um trecho de nylon de diâmetro decrescente e contínuo. Pode ser formada por várias seções em espiral de várias dimensões (nodos finais), ou em único tamanho (cone final). A escolha deve ser feita observando vários critérios, uma vez que o tipo final pode influenciar substancialmente o sucesso de um bom arremesso e , mais em geral, da viagem da isca até a água.O seu comprimento, que pode variar de 2 a 5 metros ou mais, é diretamente influenciado pela largura de ambientes, da variedade do peixe e da habilidade do pescador. Os nós finais são utilizados para reforçar a capacidade de relaxar (especialmente em distâncias curtas) e de perfurar o vento. É principalmente utilizado na corrente dos rios, onde o contraste da corrente e a velocidade da água fazem com que o peixe fique menos seletivo e mais agressivo.A Cônica, pelo contrário, serve quando é necessário um final mais suave e mais silencioso, menos violento na colocação na água, quando esta é calma e os peixes muito ariscos e relutantes para se alimentar na superfície. Via FlickrCada final, especialmente no segmento terminal, deve ser dimensionado em relação ao tamanho da isca de lançamento. No caso de peixes relativamente médios, com 8 ou 10 quilos, você pode levar em consideração o uso de linhas 0,18 ou 0,20. Abaixo disso, o que é mais comum em nossos rios, você pode usar mesmo algo abaixo de 0,10.Boa sorte!