Faisão Mossoró, Rio Grande do Norte

Faisão em Mossoró. Encontre telefones, endereços e informações sobre Faisão em Mossoró e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Faisão para obter dicas e informações sobre o assunto.

Patas & Garras
(84) 3317-4099
Rua Frei Miguelinho 398
Mossoró, Rio Grande do Norte
 
Univet Dog Shop
(84) 3314-0175
Rua Tiradentes 578
Mossoró, Rio Grande do Norte
 
Curral Veterinária
(84) 3316-4004
Rua Doutor João Marcelino 82
Mossoró, Rio Grande do Norte
 
Coisa de Bicho Pet Shop
(84) 3219-6265
Avenida Praia dos Búzios 9104
Natal, Rio Grande do Norte
 
Canários Rações Banhos & Tosa
(84) 3213-1506
Rua dos Caicós 1442
Natal, Rio Grande do Norte
 
Clínica Veterinária Quatro Patas de Mossoró
(84) 3316-1243
Rua Felipe Camarão 848
Mossoró, Rio Grande do Norte
 
Nobreza Canina
(84) 3321-1181
Avenida Presidente Dutra 1216
Mossoró, Rio Grande do Norte
 
Hospital Veterinário Pequenos Animais
(84) 3234-1671
Avenida Miguel Castro, 1328 ns. nazaré
Natal, Rio Grande do Norte
 
Agropet Shop
(84) 3351-3796
Rua Independência 957
Pau dos Ferros, Rio Grande do Norte
 
Planeta Animal
(84) 3219-5524
Avenida Praia de Genipabu 2419
Natal, Rio Grande do Norte
 

Como criar faisão

O Faisão é parente da nossa velha conhecida galinha doméstica. Convive com o homem há quase mil anos, mas conserva o instinto selvagem. Por isso, mesmo que alguns tenham o faisão como ave ornamental ele não gosta de muita proximidade.Originária da Ásia, tem a plumagem extremamente colorida e bela – privilégio dos machos, que na época da reprodução ficam com as cores ainda mais belas e chamativas. As fêmeas são mais discretas e suas cores se confundem com o solo onde fazem os ninhos, dificultando assim a ação dos predadores. Existem 49 espécies de faisão e 46 podem ser criadas em cativeiro. Algumas, no entanto, são mais raras difíceis de criar.A criação doméstica desta ave é relativamente simples e não exige grandes e complexas instalações. Podem ficar em viveiros ou soltos em quintal, bastando que se faça um muro alto para evitar fugas. O viveiro deve ser bem espaçoso pois os faisões se estressam facilmente.Finalidade da criação:Abate: são escolhidas espécies que tenham maturidade sexual precoce e bom tamanho para corte. As espécies Coleira, Versicolor e Jumbo White são os preferidos para esse fim.Ornamentação: são selecionados espécies de cores mais vibrantes e porte mais bonito e elegante.Caça: são as mesmas espécies usadas para o abate, mas são selecionados os exemplares mais ágeis e mais leves, e que preservem um pouco do instinto selvagem.Confira os passos necessários para iniciar a criação de faisões:1. Alojamento:Os viveiros devem ser amplos e bastante arejados, porém livres de correntes de ar.O piso deve ser de areia para que os ovos não se quebrem.O tamanho deve ser de 2m² para espécies de cauda curta, e 4m² para espécies de cauda longa.O viveiro deve ser coberto com tela, para banhos de sol. Apenas 1/3 deve ser coberto com telhas de barro ou amianto.Os comedouros e bebedouros devem ficar na parte coberta do viveiro.Nos viveiros coletivos coloque vários poleiros para evitar excesso de cópula nas fêmeas e brigas por território entre os machos.2. Alimentação:Devem ser alimentados 3 vezes ao dia, e qualquer resto que permanecer no cocho deve ser retirado para que não haja fermentação.Podem comer frutos, insetos e vermes.Podem ser alimentados apenas com ração para galinhas, mas alguns criadores preferem reforçar a alimentação fornecendo também fubá, ovos cozidos e verduras – folhas de couve, almeirão, alface e repolho – que devem ser colocadas em um comedouro à parte. São importantes para manter vivas as cores das aves.A água sempre deve ser trocada quando as aves se alimentarem.3. Reprodução:A época da criação é de setembro a janeiro, mas é importante que as espécies escolhidas já permaneçam juntas no viveiro 2 meses antes.Escolha bons exemplares, sadios e perfeitos, com penas vistosas e brilhantes e peso superior a 1, 200 kg.Evite consangüinidade.Após selecionar as aves coloque num viveiro 1 macho para cada 5 fêmeas.Retire os ovos logo após a postura para evitar que as aves biquem e os ovos se percam – é importante que o mesmo tratador faça esse trabalho e que use sempre a mesma roupa para isso.As fêmeas não chocam seus ovos em viveiros, apenas se estiverem soltas, por isso use chocadeiras ou galinhas.4. Informações e dicas adicionais:São aves que se estressam muito facilmente, por isso evite excesso de população nos viveiros, pois pode ocorrer até canibalismo. Se ocorrer diminua a luz, e coloque feixes de mato ou verdura, amarrados para que se distraiam.Para lidar com a criação prefira mão-de-obra feminina, pois são mais delicadas no manejo.Não misture animais de idades diferentesA expectativa de vida é de até 12 anos.Administre polivitaminicos caso haja estresse, e vermifugue as fêmeas nos meses de agosto a setembro.Como pode perceber não há grandes segredos na criação de faisões. Tome apenas os cuidados básicos de higiene, boa alimentação e espaço e terá uma criação produtiva e saudável.Boa sorte!