Lajes De Isopor (Eps) Arapongas, Paraná

Lajes De Isopor (Eps) em Arapongas. Encontre telefones, endereços e informações sobre Lajes De Isopor (Eps) em Arapongas e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Lajes De Isopor (Eps) para obter dicas e informações sobre o assunto.

Lajes Arapongas
(43) 3276-3866
Rua Gralha-azul 206 box 2
Arapongas, Paraná
 
Lajes Mendonça
(43) 3251-1152
Rua JACOMO VALERIO
Sabáudia, Paraná
 
Bandelajes
(43) 3253-1641
Rodovia Celso Garcia Cid, 2861
Cambé, Paraná
 
Lajes São Tomás
(43) 3348-2060
Avenida Lucílio de Held 835
Londrina, Paraná
 
Engprocons
(43) 3024-1410
Rua Dallas 18
Londrina, Paraná
 
Lajes Floriano
(43) 3423-7154
Rua Serra dos Mulatos 159
Apucarana, Paraná
 
Art Lajes
(43) 3254-5469
Avenida Roberto Conceição 1072
Cambé, Paraná
 
Lajes Macedo
(43) 3251-3627
Rodovia Celso Garcia Cid, 3671
Cambé, Paraná
 
Lajes Gms
(43) 3325-7881
Rua Augusto Canezin 641
Londrina, Paraná
 
Souza Lajes
(43) 3327-8454
Avenida Saul Elkind 3980
Londrina, Paraná
 

Como fazer lajes: Isopor (EPS)

Atualmente é muito comum o uso do isopor (EPS) em todas as fases da obra. Vários fatores influem para que isso aconteça, principalmente a facilidade de uso e manuseio, custo do produto (que pode ser até 40% mais barato), sancas de acabamento, rebaixamento de tetos, e muitas outras. Porém, uma das principais vantagens no caso do uso do isopor (EPS) em lajes é, sem dúvida, a diminuição do peso final, sem a perda de qualidade e resistência. Veja a seguir dicas importantes para a confecção de lajes usando o isopor EPS.AvaliaçãoAntes de decidir usar o isopor na confecção de uma laje, será necessário verificar alguns fatores que influenciarão diretamente na decisão sobre o uso do produto. Veja-as a seguir:O projeto – Verifique, junto ao engenheiro responsável por sua obra, se o projeto que você tem em mãos aceitará a substituição da matéria prima constante pelo isopor, e de que forma irá ser feita tal substituição. Caso ainda não tenha feito o projeto, solicite seu desenvolvimento já tendo o isopor como matéria prima.Profissionais – Contrate profissionais que estejam habituados a trabalhar com alvenaria usando esse tipo de material. Caso não seja possível, ou você mesmo seja o responsável pela obra, procure o máximo de informações que puder sobre o uso de isopor em lajes.Fornecedores – Definidos os dois tópicos acima, é necessário fazer uma pesquisa sobre os fornecedores da matéria prima para a laje e sobre as empresas prestadoras de serviço, quando for o caso. Tal pesquisa não deverá se restringir somente ao isopor, devendo se estender às vigas de concreto pré-moldadas e às vigas treliçadas. Estas serão usadas para a montagem da base da laje, para o recebimento do isopor e do concreto. Pesquise também sobre o aço, que será usados para montar as esteiras que estabilizam e estruturam o concreto da laje. Se quiser estar um passo a frente, aproveite ainda para pesquisar sobre os produtos que serão usados no acabamento da estrutura, ao final da obra.Se você já verificou todos os itens acima, acha que está tudo de acordo e sua avaliação foi positiva, siga as dicas de procedimento a seguir. Lembre-se de que qualquer obra, principalmente como essas, é necessária supervisão de um engenheiro devidamente registrado nos órgãos de competência, como o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA).Como montar a base para receber o concreto:Verifique e cuide para que a da obra esteja de acordo com os padrões ABNT da construção civil, e com o projeto feito pelo engenheiro. Isso inclui o alicerce, alvenaria, paredes e cintamento, que devem ser feito de modo que permitam uma boa ancoragem das ferragens da laje. As cintas devem, ainda, ser feitas de forma que permitam uma boa recepção da vigotas treliçadas que serão usadas para apoiar as placas de isopor.Monte as vigotas como pede o projeto, cuidando para que estejam bem escoradas dentro dos padrões, mantendo sempre o contra flecha apropriado, já que após concluído o trabalho de enchimento da laje, esta sofrerá um acomodamento que levará ao selamento, caso não seja tomado esse cuidado. O contra flecha nada mais é do que fazer, ao escorar as vigotas, que estas fiquem levemente arqueadas para cima em seu meio. A quantidade de escoramento, e a distância entre elas, varia de acordo com o vão livre da laje, por isso se faz necessário o acompanhamento de profissionais que saibam lidar com esse tipo de material. Não se esqueça de cuidar para que as vigotas fiquem bem sobrepostas, em suas extremidades, sobre as cintas das paredes.Distribua a placas de isopor entre as vigotas, de forma que fiquem o mais perfeitamente encaixadas possível. Caso seja necessário, corte as placas para acabamento. Seria ideal o uso de beirais (pingadeiras na laje), pois isto daria maior apoio às vigotas sobre a cinta. Procure ir montando cômodo por cômodo da laje, e use tábuas para transitar por sobre as vigotas e o isopor. Mantenha sempre a atenção redobrada para evitar acidentes e quedas. Jamais pise diretamente sobre as placas de isopor com menos de 12 cm de espessura.Distribua e amarre as ferragens que irão formar a tela de fixação do concreto, sempre consultando o projeto. A distância da trama solicitada entre elas deve ser respeitada. Sempre que possível, prefira o método de amarrar os vergalhões à usar as telas soldadas, pois os primeiros têm maior flexibilidade no caso de dilatações. Jamais trance os vergalhões, que estarão dispostos em sentidos inversos, ou seja, latitudinal e longitudinal. Cuide para que eles tenham uma boa ancoragem em suas pontas, dobrando todos para dentro da ferragem das vigas.Sempre use negativos na montagem das ferragens.Após tudo montado, cubra as vigotas e o isopor com concreto, de acordo com o projeto. Em média, a camada aplicada é de 4 a 5 cm de espessura, esta poderá variar para mais, de acordo com projeto. Cuide para que as ferragens fiquem cobertas no meio do concreto.Dicas:Veja o desenho da disposição de uma montagemde vigotas e isopor em uma laje.Assista este vídeo e veja todo o processo de maneira detalhada.Essas são as informações básicas para que você possa fazer uma laje usando o isopor (EPS). Lembre-se, porém, que: construção é coisa séria, e os profissionais envolvidos devem ser capacitados e estar comprometidos com as tarefas. Antes de executar ou contratar alguém para executar qualquer tarefa desse tipo, tenha em mente que uma pesquisa sobre o assunto deve ser realizada. Boa sorte!