Lebres Teresina, Piauí

Lebres em Teresina. Encontre telefones, endereços e informações sobre Lebres em Teresina e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Lebres para obter dicas e informações sobre o assunto.

Mundo Pet
(86) 3224-1168
Avenida Doutor Antônio Pereira Martins 6930 A
Teresina, Piauí
 
A Camponesa
(86) 3230-2015
Avenida Raul Lopes 1000 lj 7
Teresina, Piauí
 
Zoomed Clínica Veterinária e Petshop
(86) 3220-3848
Qd 17 - Cj Saci c 2
Teresina, Piauí
 
Clin Pet
(86) 3232-7907
Rua Visconde de Parnaíba 1631
Teresina, Piauí
 
Prontovet
(86) 3223-7145
Rua Rui Barbosa 601
Teresina, Piauí
 
Safari Pet Shop
(86) 3231-8766
Avenida João Antônio Leitão 4450
Teresina, Piauí
 
Pet Shop Mundo Animal
(89) 3421-0462
Avenida Getúlio Vargas 269
Picos, Piauí
 
Criador e Cia
(86) 3232-1686
Rua Visconde de Parnaíba 1711
Teresina, Piauí
 
Poli Clínica Veterinária
(86) 3232-5309
Avenida João XXIII 220 s G
Teresina, Piauí
 
Bichos e Mimos
(86) 3237-1393
Rua João Cabral, 2504
Teresina, Piauí
 

Como criar lebres

Lebre é a designação vulgar dada aos mamíferos da família dos coelhos. São mais velozes, chegando a correr por volta de 55 km/h, e mais selvagens que os coelhos. As lebres são também maiores, mais fortes e, em geral, vivem mais. A popularidade deste animal, que antes era conhecido praticamente só através das fábulas, vem crescendo no Brasil. Não é mais tão raro ver em fazendas ou regiões rurais pequenas criações de lebres. Relativamente baratas de se manter, são uma boa opção para quem quer criar um animal diferente e extremamente carismático.Se está interessado, confira estas dicas abaixo, preparadas especialmente para você:As lebres são animais selvagens. Isso significa que não se adaptam bem a casas, apartamentos e cidades. Para estes lugares, o coelho é mais indicado. Se vive numa região rural, com espaços de mato fechado, a lebre pode ser uma opção viável.É claro que, como todos os animais, há cuidados especiais e gastos que são particulares da criação. Então, antes de mais nada, verifique se está disposto a gastar com a manutenção de uma área para as lebres viverem em sua propriedade.Lebres alimentam-se, basicamente de brotos de gramas, folhas de amendoim, milho, feijão, alface e, principalmente, raízes de mandioca.Os animais não são exatamente dóceis, principalmente no início, na fase de adaptação ao ambiente. Então não se frustre se elas fugirem com a sua proximidade ou se forem ariscas. Leva certo tempo para que elas se adaptem.As lebres (que vivem, em geral do sul do Brasil) não têm o hábito de dormir em tocas. Em geral, dormem sob arbustos, e estão sempre viradas para um ponto de saída estratégica em caso de ataque de seus predadores.Estes mamíferos sofrem não só com predadores carnívoros como também com doenças. Para isso, consulte um veterinário e avalie as vacinas necessárias e a frequência de vacinação.Não misture a lebre com outros animais silvestres, exatamente pelo perfil mais arredio e selvagem do mamífero.Lebres se reproduzem rapidamente. Então esteja preparado para ver sua criação crescer com uma velocidade relativamente alta e, principalmente, saiba como lidar com este aumento populacional. Por serem silvestres, elas precisam de espaço, então você deve contar com isso na hora de começar sua criação.As lebres têm uma das carnes mais apreciadas do mercado, sendo uma criação diferente, relativamente simples e bastante lucrativa se levada a sério. Se desejar começar a criação por estes motivos, lembre-se de que todo comércio de animais deve ter autorização dos devidos órgãos nacionais e, muitas vezes, há especificações a serem cumpridas. Informe-se a este respeito e respeite a legislação para evitar problemas e punições. De toda forma, trata-se de um nicho ainda pouco explorado e que pode render muitas oportunidades a quem tiver oportunidade, vontade e capital para investir. Nos últimos anos, a procura por animais silvestres cresceu muito, especialmente pelo segmento de gastronomia. Se sua propriedade não é grande o suficiente para gado de grande porte, é uma ótima opção para começar a empreender.