Peixes Brasília, DF

Peixes em Brasília. Encontre telefones, endereços e informações sobre Peixes em Brasília e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Peixes para obter dicas e informações sobre o assunto.

Buticãozinho Banho e Tosa
(61) 3379-4369
QNO 4 CJ B lt 32
Brasília, DF
 
Águia Pet
(61) 3381-8788
QE 28 BL B qd 28 bl B lj 23
Brasília, DF
 
Mascote & Cia Pet Shop Banho Tosa Consultório Veterinário
(61) 3034-7484
CLN 308 BL D lj 43
Brasília, DF
 
Amor de Bicho Pet Shop e Consultório
(61) 3964-4479
CLSW 101 BL A lj 42
Brasília, DF
 
Clínica Veterinária Personal Dog
(61) 3274-4344
SCLRN 713 BL F lj 56
Brasília, DF
 
Bichos.com
(61) 3597-4036
Colônia Agrícola Vicente Pires rua 4A lt 6/7 ch 1
Brasília, DF
 
Amigo Meu Veterinária Pet Shop
(61) 3346-7490
CLS 115 BL B lj 38
Brasília, DF
 
Miguel Arcanjo Pet Shop
(61) 4102-6452
QE 40 rua 7 lt 13
Brasília, DF
 
Planeta Bicho
(61) 3273-1807
SCRN 714/715 BL A, - Asa Norte
Brasília, DF
 
Veterinária Supercão
(61) 3374-4810
QNN 23 CJ P lt 34
Brasília, DF
 

Como criar peixes

Não existe ninguém que não se sinta atraído por um aquário bem feito, bem cuidado e com muitas variedades de peixes. Ficar observando um mundo tão diferente e silencioso, e com seres tão calmos indo pra lá pra cá é muito tranquilizador, além do que, tantas variedades de cores, plantas e formatos enfeitam qualquer ambiente.Muitos rejeitam a ideia de criar peixes ornamentais, pois pensam que cuidar de um aquário é muito trabalhoso e caro, mas não é bem por aí. Criar peixes é bem mais fácil e barato do que cuidar de outro animal, mesmo porque, há aquários e peixes para todos os gostos e dos mais variados preços. Você pode escolher de acordo com sua disponibilidade financeira, tempo e espaço.Se você pretende criar peixes ornamentais em sua casa, confira aqui nossas dicas:1. Leve em conta o espaço disponível no ambiente, pois é a partir desta informação, que será definido o tamanho do aquário.2. Escolha o aquário:O tamanho mínimo é 60 cm de largura X 35 cm de comprimento X 35 cm de profundidade.Quanto maior o aquário, mais fácil será em manter. Aquários pequenos dão muito mais trabalho e desestabilizam mais rapidamente.O volume de água necessário é de 1 litro de água para cada cm de peixe adulto.O formato recomendado é o retangular, pois, devido á maior dificuldade de locomoção, nem todos os peixes se adaptam a formatos extravagantes.3. Coloque o aquário no local escolhido antes de enchê-lo. O local deve ser plano, longe de janelas – pois a luminosidade excessiva atrapalha os peixes e a beleza do aquário – e próximo a tomadas elétricas, para facilitar a instalação de bombas, iluminação e filtros.4. Encha o aquário de água e deixe 2 a 3 dias antes de montá-lo, para estabilizar.5. Escolha as plantas, decoração e peixes que irá colocar no aquário, mas antes disso, pesquise para conhecer as preferências da espécie escolhida. Veja só:Há espécies que não gostam de água movimentada, por isso acessórios como cachoeiras são prejudiciais.Outras comem toda a vegetação natural, enquanto outras preferem vegetação natural exuberante.Algumas espécies fuçam o fundo do aquário, sendo desaconselhável o uso de pedrinhas minúsculas, pois podem engolir e se engasgar.Alguns peixes são temperamentais, e não se dão bem com outras espécies.Algumas espécies preferem nadar na superfície, outras no fundo.Enfim, é importante se informar antes de juntar plantas, acessórios, peixes e enfeites num mesmo ambiente.6. Verifique, através de um termômetro, se a temperatura da água está entre 24° a 26°.7. Providencie um kit para verificar constantemente o PH da água que deve ser aproximadamente 7,0.8. Verifique o DH (quantidade de sais contidos nela), principalmente se for usar água de torneira. Há peixes que preferem água mais pesada, outros não.9. Providencie filtragem para água e iluminação.Filtro: é muito importante para limpeza da água e sua potência deve ser de acordo com o tamanho do aquário.Iluminação: também será de acordo com o tamanho do aquário. Ajuda na fotossíntese das plantas, mas não devem ficar ligadas mais de 8h por dia.10. A Alimentação:Use ração apropriada. Jogue, espere que comam e jogue mais uma vez. Espere que comam e jogue novamente, até se acalmarem. A comida que sobra irá apodrecer e o resultado será água suja e peixes doentes.Sinalize cada vez que for alimentá-los. Faça um barulho característico – um assovio ou uma batida leve no aquário. Desta forma, eles vão saber quando você se aproxima para alimentá-los ou simplesmente para observá-los.Importante saber:Peixes de aquário vivem em cardumes, por isso compre 6 a 8 peixes de cada espécie, e comece, de preferência com 2 a 3 espécies.Como você pode perceber, não é uma coisa do outro mundo criar peixes em casa, mas é importantíssimo disponibilizar tempo, conhecer e estudar a necessidade de cada espécie escolhida.Há muitas outras informações que você deve saber, por isso nunca relaxe nesse aspecto.Como toda criação, os peixes também têm necessidades especificas e cabe ao dono assegurar, da melhor maneira possível, condições adequadas para que eles vivam bem e com saúde.Você se animou? Então comece sua criação de peixinhos. É um hobby muito bacana e recompensador.Boa sorte!