Pessoas Desaparecidas Laranjal do Jari AP

Pessoas Desaparecidas em Laranjal do Jari. Encontre telefones, endereços e informações sobre Pessoas Desaparecidas em Laranjal do Jari e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Pessoas Desaparecidas para obter dicas e informações sobre o assunto.

Defensoria Pública do Estado do Amapá
(96) 3621-1101
Avenida Vitória Régia 1221
Laranjal do Jari, Amapá
 
Delegacia de Polícia Civil do Amapá
(96) 3621-1113
Avenida Emílio Médici 2293
Laranjal do Jari, Amapá
 
Delegacia Crime Contra Mulher
(96) 3212-8126
Rua Leopoldo Machado 115
Macapá, Amapá
 
Delegacia de Crimes Contra A Mulher
(96) 3212-8128
Rua Rio Juruá
Macapá, Amapá
 
Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes
(96) 3212-8190
Rua Leopoldo Machado 252
Macapá, Amapá
 
Quartel da Polícia Militar
(96) 3621-1490
Avenida Rio Jari 1313
Laranjal do Jari, Amapá
 
Delegacia Administração do Ministério Faz Pará
(96) 3282-1123
Rodovia Duque de Caxias 1
Santana, Amapá
 
Departamento Polícia Federal
(96) 3521-1380
Avenida Rio Branco 500
Oiapoque, Amapá
 
Polícia Militar do Amapá
(96) 3223-1636
Avenida Raimundo Álvares da Costa 165
Macapá, Amapá
 
Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes
(96) 3212-8135
Avenida Mendonça Furtado
Macapá, Amapá
 

Como achar pessoas perdidas

O desaparecimento de alguém próximo é extremamente impactante para a família. E o bom uso do tempo é essencial no momento de tomar as medidas para tentar encontrá-la. Por isso, deve-se controlar as emoções e proceder com os seguintes passos:1- Certifique-se de que a pessoa realmente esteja desaparecida. Tente primeiramente entrar em contato com ela de todas as formas possíveis. Se ela não responder, deixe recados, através de sms por exemplo.Considere todas as possibilidades: que a pessoa se atrasou, o pneu furou, ou se distraiu passando em algum lugar. Não pense no pior inicialmente. Não tendo conseguido contato, procure as últimas pessoas que provavelmente a viram: amigos, colegas de trabalho, de faculdade, etc. Deixe também uma mensagem no mural do Facebook, Twitter, e outras redes sociais, pedindo para quem souber algo se manifestar. Vá em todos os locais que a pessoa costuma ir e peça informações. Pense nos trajetos que ela possa ter feito e tente refazê-los, sempre pedindo às pessoas para informarem se encontrarem o desaparecido.Agora o último critério, é o mais difícil, você deverá esperar algumas horas para que o desaparecimento seja confirmado. Esse tempo dependerá muito das condições, idade e hábitos da pessoa desaparecida. Para aquele filho adolescente que sempre sai com os colegas e demora, deve-se esperar mais, e para uma criança menos. Normalmente quando você liga para a polícia para comunicar o desaparecimento, esse é um dos dados que eles levantam, as buscas só acontecem depois de algumas horas, conforme o caso, pois a pessoa pode aparecer espontaneamente.2- Quais as condições de locomoção da pessoa desaparecida? Se for uma criança ou idoso, é mais provável que estejam próximos ao local em que desapareceram (caso não tenha se passado muito tempo), por isso concentre suas buscas nesses locais.3- Procure em alguns pontos-chave da sua cidade. Cada cidade terá locais que valem a pena serem visitados para tentar encontrar alguém desaparecido: hospitais, delegacias, prontos socorros,entre outros. Dependendo das circunstâncias, talvez seja uma boa ideia afixar cartazes ou pedir informações em rodoviárias, pedágios, aeroportos, etc.Se existir alguma câmera filmando no trajeto que a pessoa possa ter feito, como por exemplo na fachada de uma loja, peça aos responsáveis para ver as imagens.4- Comunique à polícia. Embora já tenha mencionado a polícia, vale a pena enfatizar: comunique-a do desaparecimento. Procure dar o maior número de informações possíveis, como a roupa que a pessoa estava usando, descrição, etc. Passe uma foto recente para eles também. E veja quais informações, ou dicas, eles podem te dar para ajudar na busca.5- Mobilize amigos e familiares. Ligue para todos os parentes e amigos e peça ajuda, para que você consiga fazer uma busca mais ampla no menor tempo possível. Peça-os para ajudarem afixar cartazes nos meios de transporte públicos da cidade, e nos locais de grande circulação. Tente colocar algum anúncio ou comunicado na imprensa também.6- Se a busca for infrutífera… Como também mencionei no início, a questão emocional envolvida é bastante significativa quando falamos de alguém querido. Mas infelizmente temos que pensar em todas as possibilidades. Por isso visite também os necrotérios da cidade. E, se ainda assim, a pessoa não for encontrada, procure instituições que ajudam na busca de pessoas desaparecidas, como empresas e órgãos estatais, que imprimem em suas embalagens, ou faturas, as fotos de pessoas desaparecidas. Use todos os recursos da internet, existem vários sites especializados na busca de pessoas desaparecidas. Mobilize as pessoas também nas redes sociais.Existem inúmeros casos de pessoas que foram encontradas depois de muitos tempo, portanto não perca as esperanças, mas procure manter a calma. Boa sorte!