Tratamento Para Pulgas Em Cachorros Brasília, DF

Tratamento Para Pulgas Em Cachorros em Brasília. Encontre telefones, endereços e informações sobre Tratamento Para Pulgas Em Cachorros em Brasília e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Tratamento Para Pulgas Em Cachorros para obter dicas e informações sobre o assunto.

Miguel Arcanjo Pet Shop
(61) 4102-6452
QE 40 rua 7 lt 13
Brasília, DF
 
Bicho Feliz Pet Shop
(61) 3561-5399
Colônia Agrícola Samambaia rua 1 ch 98 lj 02
Brasília, DF
 
Huracan Pet Shop e Veterinário
(61) 3340-9968
CLN 314 BL B lj 37/41
Brasília, DF
 
Pet Shop e Consultório Yarru
(61) 3344-4516
CLSW 504 BL B lj 18
Brasília, DF
 
Bicho Chique
(61) 3568-4824
QE 34 BL A lj 23
Brasília, DF
 
Auqmia Banho & Tosa
(61) 3349-3449
CLN 114 BL B lj 10
Brasília, DF
 
Mundo Animal
(61) 3458-7568
QS 406 lt 3 cj C lj 2
Brasília, DF
 
Paraíso dos Bichos
(61) 3382-0182
Colônia Agrícola Águas Claras ch 50
Brasília, DF
 
Pet Shop Mundo Animal
(61) 3381-5176
QE 34 BL B lj 30
Brasília, DF
 
Armazém Rural
(61) 3274-1712
CLN 205 BL D lj 10
Brasília, DF
 

Como evitar pulgas em cachorros

Irritantes, nojentas e onipresentes: assim são as pulgas! Se você tiver um cachorro em sua casa, pode ter a certeza absoluta que ele carrega em seus fartos pelos várias dessas bichinhas saltitantes e provenientes de famílias super numerosas… Sim! Porque controle de natalidade, decididamente não faz parte da filosofia de vida dessas “coisinhas”. Para você ter uma ideia, dois casaizinhos de pulgas, que iniciam a vida conjugal, em 90 dias terão 2.500 crianças e adolescentes e 450 filhos adultos.. todos morando em seu animal, sugando seu sangue, se reproduzindo e causando um imenso mal estar a ele, além do perigo de contrair doenças. Acabar com as pulgas de seu cão não é um trabalho tão difícil e, se você enfrenta esse tipo de problema aprenda aqui! Via FlickrComo evitar pulgas no cachorroMantenha a higiene do ambiente. Já foi provado que quando você acaba com as pulgas de um cão, resolve apenas 5% do problema, já que os outros 95% das pulgas estão espalhadas no ambiente em forma de casulo, ovos e larvas (microscópicas). Para prevenir e evitar o aparecimento desses insetos indesejáveis, proceda da seguinte forma:Limpe todos os dias o ambiente onde o animal tem acesso: de preferência passando aspirador de pó e pano com desinfetante.Lave sempre os panos e cobertores que o animal usa para dormir.Coloque talco antipulgas no saco do aspirador e aspire a cama onde o animal dorme.Use inseticida nas frestas do piso e rodapés ,se houver necessidade (existem marcas de uso veterinário, inofensivas aos animais).Lave o quintal frequentemente, com água sanitária.Evite o uso de carpete e excesso de tapetes na casa.Lave semanalmente toda a sua roupa de cama.Mantenha a higiene do animal.Evite que seu animal tenha contato com cães de rua ou infestados.Evite levar seu animal a lugares com infestação – praças que são freqüentadas por muitos cães.Escove sempre seu cachorro e, se ele for um cão calmo, passe aspirador de pó em seus pelos – aspirando o animal você elimina 95% das pulgas adultas, mais da metade dos ovos e 100% das pulgas mais novas.Providencie para que seu cão tome banho pelo menos a cada 15 dias e, com xampu antipulgas, pelo menos cada 2 meses.Mantenha curto o pelo de seu cão, com tosas frequentes.Aplique em seu cachorro, pelo menos a cada 3 meses, produtos antipulgas de ação residual.Dicas:Consulte sempre o veterinário de seu cão e, caso ele tenha uma infestação de pulgas, peça a ele para prescrever o medicamento correto.Jamais use inseticida caseiro em seu cão. Poderá matá-lo.Filhotes e cadelas prenhas não podem usar produtos antipulgas tradicionais.Banhos com xampus antipulgas não devem ser dados em animais com feridas pelo corpo. Deve-se também tomar cuidado para que o cão não lamba o produto.Tome muito cuidado com excesso de banho, pois pode ressecar a pele e os pelos do cão, principalmente se ele tiver pelagem abundante.Não use sempre a mesma marca de antipulgas em seu cachorro, alterne o produto, pois o efeito será bem melhor. Via FlickrAs pulgas transmitem vermes, causam anemia e DAPP (dermatite alérgica por picada de pulga), que pode ser a responsável por ferimentos graves no corpo do animal. Fora isso, o comportamento de seu cão será afetado, pois ele ficará mais irritado, agressivo, impaciente e muito cansado, de tanto se coçar, podendo até se mutilar devido a coceira extrema; por isso, o melhor que você tem a fazer é evitá-las antes que elas apareçam, pois elas causam um grande dano à saúde de seu cão. Como diz o ditado: prevenir é o melhor remédio!