Vender Marmitex Em Casa Autazes AM

Vender Marmitex Em Casa em Autazes. Encontre telefones, endereços e informações sobre Vender Marmitex Em Casa em Autazes e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Vender Marmitex Em Casa para obter dicas e informações sobre o assunto.

Walberto Nogueira Sampaio
(92) 3317-1235
Avenida Autazes 761
Autazes, Amazonas
 
Américo Valente Cavalcante
(92) 3317-1299
Avenida 20 de Dezembro 211
Autazes, Amazonas
 
Supermercado Veneza Ltda
(92) 3529-1041
Rodovia Am Dez
Itacoatiara, Amazonas
 
R C Supermercados da Amazônia
(97) 3343-3756
Rua Quintino Bocaiúva 433
Tefé, Amazonas
 
Supermercado Família
(92) 3237-1510
Rua Adalberto Vale 70
Manaus, Amazonas
 
Mercadinho Ele Ela Comercial
(92) 3317-1127
Rua Marechal Costa E Silva 89
Autazes, Amazonas
 
Mercadinho São João
(92) 3648-2788
Rua Senador José Esteves 220
Boa Vista do Ramos, Amazonas
 
Casa Feitosa
(92) 3615-2011
Rua Ernesto Costa 4
Manaus, Amazonas
 
Mercadinho El Dourado
(92) 3236-6366
Rua F 36
Manaus, Amazonas
 
Supermercado Anjo e Cordeiro
(92) 3648-3138
Avenida Uirapuru 26
Manaus, Amazonas
 

Como vender marmitex em casa

Pedir um marmitex em casa, ou no escritório – quando não há tempo de sair para o almoço – está mais comum a cada dia que passa. Sim! o marmitex é uma boa opção de alimentação, principalmente para quem tem que comer fora de casa todos os dias, ou não quer ou (não pode) cozinhar.É econômico, porque custa bem mais barato do que comer em restaurantes e lanchonetes todos os dias. Prático, porque, ao contrário das marmitas e refeições tradicionais, não precisa aquecer, nem é necessário quebrar a cabeça inventando cardápio e sujando panelas.Por isso, o marmitex tem se tornado cada vez mais popular, e o mercado cada vez mais aquecido. Pensando nesse filão, muitos donos de bares e restaurantes começaram a oferecer esse serviço, e, muitas pessoas, também resolveram abrir o próprio negócio em casa. Se você pensa em vender marmitex, veja abaixo os passos necessários para começar de forma correta:1 – Elabore um cardápio: pode ser mais simples, ou mais elaborado e específico – para pessoas com restrição alimentar ou estão de dietas, por exemplo. Preste atenção ao mercado que você vai atender.2 – Providencie material:Embalagens: que podem ser compradas em grandes quantidades – existem vários tipos de embalagens para marmitex – as tradicionais redondas de alumínio, com divisórias, de isopor, com tampa transparente, etc. Há também 3 tamanhos: 400g, 600g e 900g.Descartáveis: usados para oferecer suco e sobremesa. Muitos também oferecem talheres para acompanhar.Máquina para fechar a embalagem: custam em média 100 reais.Embalagens para transporte: bandejas de isopor – que podem ser empilhadas – caixas de isopor, mochilas térmicas, etc.Panelas e utensílios apropriados.3 – Encontre um bom atacadista para comprar os alimentos, pois, o lucro, vai depender da economia na hora das compras. Procure negociar com algum açougue próximo de sua casa para conseguir descontos e facilidade no pagamento, e saiba também onde comprar legumes e verduras – você pode conversar com os donos de duas ou três barracas na feira e conseguir melhores preços.4 – Divulgue de todas as formas possíveis. Ofereça em escritórios perto de sua casa, para os funcionários de escolas próximas e do comércio da região. Distribua panfletos pela vizinhança. A propaganda é a alma do negócio.5 – Antes de entrar de cabeça no negócio pesquise muito, anote tudo, peça muitos orçamentos, organize os melhores fornecedores, estoque materiais de forma correta e calcule muito bem seus gastos, de forma que possa cobrar um preço justo e que agrade aos clientesPequenos detalhes que fazem a diferença:Nem é preciso dizer que a higiene é fundamental. Um fio de cabelo encontrado no marmitex será a ruína de seu negócio.Capriche na forma de colocar a comida na embalagem. Nada de jogar tudo de qualquer jeito e ficar tudo revirado. Também seja muito exigente para que o marmitex chegue quentinho ao cliente. Nada pior que comer comida fria.O cardápio deve ser bem variado:Parte fixa: arroz, feijão e salada de alface e tomate sempre.Acrescente batatas em algum dia da semana – pode ser em forma de purê..Sempre coloque uma proteína, que pode ser carne vermelha, frango ou peixe, lembrando que o dia tradicional do peixe é sexta-feira. Quinta-feira é dia de massa, e na quarta-feira e sábado, feijoada.Não invente moda, se não sabe fazer determinado prato, não o faça.Leve em conta o tempo de preparo. Não adianta fazer uma deliciosa carne que demora 4h para ficar pronta.Escolha sempre alimentos que possam ser preparados na manhã do dia da entrega.Um pequeno mimo pode fazer a diferença e agradar o cliente: um suco, uma sobremesa, ou um docinho.E no mais, as recomendações de sempre:Higiene,Qualidade dos ingredientes,Sabor,Aparência do prato,Pontualidade na entrega,Temperatura correta (sempre quente),Simpatia no atendimento,Preço justo.Se seguir esses passos e escolher bem o público-alvo, terá sucesso na certa.Bons negócios!