Violino Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul

Violino em Bento Gonçalves. Encontre telefones, endereços e informações sobre Violino em Bento Gonçalves e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Violino para obter dicas e informações sobre o assunto.

Gasil Comércio e Importação Ltda
(54) 3451-8807
Rua Marechal Deodoro da Fonseca 279
Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul
 
Comercio de Aparelhos Musicais Mil Sons Ltda
(54) 3441-6784
Rodovia RS 470 2662 km 108 lj 2
Veranópolis, Rio Grande do Sul
 
Vanazzi & Vanazzi
(54) 3452-6436
Rua Marechal Deodoro da Fonseca 238 lj 1/6
Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul
 
F M Instrumentos Musicais
(54) 3454-3233
Rua Ramiro Barcelos 156
Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul
 
Lojas Colombo
(54) 3452-3599
Rua Marechal Deodoro da Fonseca 168
Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul
 
Free Show Instrumentos Musicais
(54) 3464-0300
Avenida Independência 561 s 02
Garibaldi, Rio Grande do Sul
 
Magistral Discos Fitas e Cds Ltda
(54) 3441-4181
Avenida Osvaldo Aranha 1395 s 108
Veranópolis, Rio Grande do Sul
 
Musictalia Instrumentos Musicais
(54) 3452-4647
Rua Marechal Deodoro da Fonseca 139 s 15
Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul
 
Est System
(54) 3462-6266
Rua Alcides Santa Rosa 574 bl 1
Garibaldi, Rio Grande do Sul
 
Loja Volpato Ltda
(54) 3452-5606
Rua Júlio de Castilhos 79
Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul
 

Como tocar violino

O violino é um instrumento classificado como de cordas friccionado, muito apreciado por várias gerações. Além da música clássica, ele pode ser usado em muitos outros estilos como o rock, blues, country, jazz e musicas folclóricas em geral. Via creativecommonsO timbre do violino é estridente e extremamente agudo, dependendo do tipo de encordoamento que é colocado ele pode produzir um timbre mais encorpado. O som é produzido quando se friccionam o arco nas cordas ou ainda pela técnica de pizzicato, “beliscando” as cordas com os dedos ou com parte do arco. Confira ótimas dicas para tocar esse instrumento. Via creativecommonsPara começar, compre um instrumento de qualidade. Nem sempre o instrumento mais caro é o melhor, o ideal é você procurar um que seja do preço que você pode pagar, que tenha também a melhor qualidade possível.Pesquise em fóruns de música as opiniões de pessoas que entendam sobre as marcas. Hoje existem ótimas marcas com um preço acessível, ideal para quem está começando, como os violinos da Tagima, Giannini e Eagle.Confira também se as cordas e o breu que vieram com o violino estão em bom estado. Caso seja possível, troque por outro mais adequado e que deixe o som do violino com o timbre que você mais gosta.Depois de adquirido o instrumento, conheça as suas partes. A extremidade superior do violino, que faz uma curva, é chamada de voluta, os pinos que afinam as cordas na parte superior são chamados de cravelhas. A peça de madeira que sustenta as cordas na parte inferior, para mantê-las levantadas recebe o nome de cavalete, e chama-se afinador a parte inferior que encaixa as cordas.O arco possui três denominações importantes, ponta para a extremidade superior, meio e talão para a parte inferior. Saber o nome das partes do instrumento facilita na hora de você procurar exercícios e técnicas por conta própria, e com o tempo você se acostuma com os nomes.Conheça também a afinação do violino. A primeira corda e mais aguda é afinada em Mi, representada pela letra E, a segunda é afinada em Ré (D), a terceira é afinada em Lá (A) e a última e mais grave corda é afinada em Sol (G).Como o violino não possui trastes para separar o braço em meio e meio tom, como a maioria dos outros instrumentos de corda, é necessário que você treine o seu ouvido e posicione os dedos corretamente para acertar as notas.Treine tocar cada corda com o arco sem encostar nas outras cordas. Treine bastante até que saia o som perfeito e sem tremer, usando todo o arco, desde o talão até a ponta e vice versa.Procure mais exercícios, vídeos aula e, se possível, procure um professor que te passe a técnica correta do instrumento. Treine pelo menos uma hora todos os dias, pois a disciplina é fundamental para você ser um bom violinista.Se você tem pouco tempo, prefira treinar por curtos períodos todos os dias do que por um longo período apenas uma vez por semana, pois facilita o aprendizado. Via creativecommons