Zantedeschia (Copo-De-Leite) Campo Alegre AL

Zantedeschia (Copo-De-Leite) em Campo Alegre. Encontre telefones, endereços e informações sobre Zantedeschia (Copo-De-Leite) em Campo Alegre e região. Aproveite e leia o artigo abaixo sobre Zantedeschia (Copo-De-Leite) para obter dicas e informações sobre o assunto.

Herbalife Distribuidor Independente - Fernando Azevedo
(91) 9615-4603
Tv Angustura, 2280
Belém, Pará
 
Orinetal Central
(91) 3241-0717
Tv Oriental do Mercado 55
Belém, Pará
 
Ver As Ervas
(91) 3252-3886
Praça Magalhães 201
Belém, Pará
 
Armazém Fronteira
(47) 3692-5400
Estrada Geral Bateias
Campo Alegre, Santa Catarina
 
Supermercado Preço Bom
(82) 3275-1200
Avenida Monsenhor Hildebrando V Guimarães 22
Campo Alegre, Alagoas
 
Adilma & Cristina
(91) 3278-1011
Rua B 18
Belém, Pará
 
Ponto Das Ervas Medicinais
(91) 3212-3903
Tv Oriental do Mercado 41
Belém, Pará
 
Supermercado Falcão
(82) 3275-1180
Avenida Divaldo Suruagy 21
Campo Alegre, Alagoas
 
Supermercado Bahr
(47) 3632-2141
Avenida Getúlio Vargas 495
Campo Alegre, Santa Catarina
 
Supermercado Gonçalves
(47) 3632-2075
Avenida Getúlio Vargas 314
Campo Alegre, Santa Catarina
 

Como cuidar de Zantedeschia (Copo-de-Leite)

A planta de nome científico Zantedeschia aethiopica , mais conhecida como a bela flor Copo-de-leite, pertence à Família das Araceae e sua origem é africana. Outros nomes populares dados a esta bela espécie de flor é Cala-Branca ou Lírio do Nilo e suas lindas flores podem ser encontradas na cor branca, com algumas variações como rosa, vermelha, roxa ou laranja, sendo estas últimas obtidas através de cruzamentos. Em sua forma nativa, pode ser encontrada em terrenos úmidos e à margem de lagos. A composição de arranjos florais e buquês de noiva estão entre as formas mais comuns de encontramos os belíssimos e delicados Copos-de-leite. Via FlickrA planta é herbácea, perene e robusta, possuindo uma estatura que pode chegar a 1 metro de altura e é muito florífera, com folhagens brilhantes, em tonalidade verde escura e que podem ser incluídas nos ornamentos. O florescimento acontece entre a primavera e o verão. Tolerante a baixas temperaturas, a Zantedeschia ou Copo-de-Leite pode ser cultivada em floreiras, jardins e ao redor de lagos ou espelhos d’água, formando bordaduras com belos conjuntos de flores. Também pode ser encontrada seguindo muretas, muros e paredes, podendo ainda ser cultivada em vasos ornamentais.O cultivo desta planta apresenta grande rentabilidade, desde que os cuidados com o plantio sejam seguidos, pois apesar de rústica, a flor é bastante perecível, o que requer alguns métodos de manejo para que alcance a máxima qualidade e beleza.O Copo-de-Leite é uma flor sofisticada e também é considerado um símbolo da pureza, desde os tempos remotos, o que o torna uma das flores mais apreciadas para a confecção de buquês de noivas e arranjos decorativos para casamentos. Via FlickrComo cuidar de Zantedeschia (Copo-de-Leite)Cultivo:O Copo-de-Leite requer muita luz, porém é sensível à incidência direta do sol, por isso deve ser cultivado em locais protegidos, preferencialmente com telas que filtrem o excesso de luz e calor, quando a intenção é o cultivo comercial. O sombreamento protege a flor e ainda proporciona a formação de hastes mais longas, como o mercado aprecia. O Copo-de-Leite é tolerante a climas amenos (até 4ºC) e pode resistir a temperaturas de até 22ºC sem perder suas qualidades ornamentais e comerciais. Vale ressaltar que a flor se adapta bem a climas subtropicais, porém não suporta temperaturas muito altas.Propagação:A propagação do Copo-de-Leite acontece por meio de sementes, divisão de touceiras e também de rizomas após a floração. Caso este último método seja utilizado, é preciso o cuidado de usar luvas e, antes de plantar os rizomas, imergir as partes em fungicida.Irrigação:O Copo-de-Leite deve ser irrigado 3 vezes por semana, em média. No entanto, é preciso evitar que o solo fique encharcado quando a intenção é o cultivo comercial, já que a terra encharcada é propicia para o surgimento de doenças causadas por bactérias e fungos. É importante molhar a terra, evitando que a água caia sobre as flores e folhas. O solo deve ter boas condições de drenagem. Via FlickrDoenças:Além das doenças comuns causadas por fungos ou bactérias, o controle da ‘Podridão mole’, causado pela bactéria Erwinia carotovora, deve ser constante, por ser um dos principais riscos à produção de Copo-de-Leite. Esta doença causa apodrecimento de flores, folhas e rizoma, deixando-os escuros e moles, causando odor desagradável e, consequentemente, a morte das plantas. As plantas infectadas devem ser imediatamente retiradas.É preciso ressaltar que o Copo-de-Leite é uma planta tóxica, por isso o contato direto sem luvas deve ser evitado. O oxalato de cálcio, presente na planta, causa irritações na pele e até mesmo queimaduras. Em contato com os olhos, pode causar lesões na córnea e, se ingerido, diversos problemas gástricos. Por isso deve ser conservado longe de crianças e animais domésticos.Boa sorte!